estou no azure Comida Vegetariana – Invista na Alimentação Responsável - Linked Gourmet

Comida Vegetariana – Invista na Alimentação Responsável

Invista na tendência que está ganhando mercado. 

No artigo anterior falamos sobre como cerveja artesanal é uma tendência. Agora chegou a falar sobre a alimentação vegetariana e o veganismo! Cada vez mais as pessoas reduzem ou abandonam o consumo de produtos de origem animal e as principais razões são: saúde, sustentabilidade e respeito pelos seres sencientes (capazes de sentir sensações e sentimentos de forma consciente). 

Vamos começar entendendo alguns conceitos: 

Existem diversas vertentes ligadas a diminuição e exclusão do consumo de produtos de origem animal, para que você possa investir nessas tendências precisa entender um pouco mais sobre tais conceitos. 

Ovolactovegetariano: As pessoas ovolactovegetarianas são aquelas que excluem a carne da sua dieta, porém continuam a consumir ovos e alimentos provenientes do leite animal. Lembrando que “carne” consiste em qualquer animal, independente se for um mamífero, um animal oriundo do mar ou um animal de outras classes. Além disso é importante frisar que o conceito ovolactovegetariano é apenas relacionado a alimentação. 

Vegetariano Estrito: Os intitulados vegetarianos estritos excluem tudo que é proveniente de animais da dieta, como carnes, leite, ovos, mel... Porém, da mesma forma que o conceito ovolactovegetariano, este conceito é relacionado apenas a alimentação. 

Veganismo: O veganismo, diferentes dos conceitos anteriores, é uma filosofia ou estilo de vida, e os veganos retiram das suas rotinas tudo que envolve exploração e sofrimento animal. Por isso não devemos designar o conceito de veganismo como uma dieta. Os seguidores desta filosofia não consomem produtos como couro, lã e seda, por exemplo, assim como não consomem nada que tenha sido testado em animais, como medicamentos, cosméticos, etc. Além disso, não participam de atividades de entretenimento que explore os animais, como circo, rodeios, touradas, zoológicos, entre outros. 

Investir nestes públicos pode ser uma grande oportunidade, já que essa filosofia vem ganhando cada vez mais adeptos, até mesmo entre celebridades e formadores de opinião, e estimula um estilo de vida mais sustentável. 

 

 

Algumas dicas da nossa equipe para você que quer investir nesta tendência 

Ingredientes da alimentação vegetariana

Apesar da dependência de ingredientes provenientes da carne na dieta ocidental existem um número muito maior de ingredientes naturais, que compõe a dieta vegetariana estrita, que você pode utilizar. Os alimentos que você pode utilizar consistem em cereais, frutas, legumes, vegetais, hortaliças, algas, cogumelos e qualquer produto, podendo ser industrializados, que não envolvam ingredientes que dependam de uso animal na sua produção. 

Não se engane com discursos de que ingredientes da alimentação vegetariana são caros, talvez produtos industrializados possuam um alto custo, porém os produtos naturais são mais em conta do que produtos animais. Construa seu cardápio contando com produtos naturais variados e busque produzir seus molhos, suas massas, pães, entre outros produtos. 

Algumas alternativas têm surgido para aumentar ainda mais as opções para o setor. Com duas unidades, uma em São Paulo e outra no Rio de Janeiro, o Açougue Vegano, por exemplo, vende uma série de produtos voltados para o público vegano. Carne de jaca, coxinhas de jaca e de espinafre, sanduíches de pão de clorofila, etc. 

Como se planejar 

As possibilidades são infinitas, com um pouco de criatividade e pesquisa você se abre a um mundo de variedade e oportunidade. Lembre-se de planejar seu cardápio com antecedência e encontre um fornecedor confiável para a parceria. 

Vale a pena investir em cursos de culinária vegetariana para aumentar a variedade e qualidades dos seus pratos, está é uma boa forma de se diferenciar da concorrência. 

Decoração 

Agora você já sabe que veganismo não é uma dieta, mas sim um estilo de vida, por isso é importante adequar o seu estabelecimento a tal filosofia. Utilize materiais sintéticos ou naturais. Ou seja, exclua couro, lã, seda, e tudo que envolva animais na produção. 

Além disso, saiba que o veganismo é muito ligado ao ativismo, uma boa ideia é disponibilizar informação sobre o tema no seu estabelecimento, assim como incentivar o respeito aos animais. 

Mídias Sociais 

Atraia seus clientes com conteúdo informativo e de apoio a causa animal, além de atrair o seu público alvo tenderá a atrair simpatizantes e pessoas que buscam entendem mais sobre a própria filosofia vegana. Aproveite e siga páginas para aprender mais sobre o assunto: @wearesovegan@veganrecipescom@veganosbrasil. 

Além de ser uma tendência a dieta vegetariana e a filosofia do veganismo são alternativas sustentáveis, seja um agente transformador dos hábitos do mundo. Veja outras alternativas sustentáveis para o seu estabelecimento nesta nossa postagem: Os 7 Passos para Tornar seu Restaurante Sustentável.