estou no azure Os 7 Passos para Tornar seu Restaurante Sustentável - Linked Gourmet

Os 7 Passos para Tornar seu Restaurante Sustentável

Sustentabilidade, ou ser sustentável, é um tema que vem sendo debatido com mais frequência a cada dia. O conceito da palavra, por mais complexo que seja, pode ser bem trabalhado a partir de dois principais pontos.

O primeiro é que o princípio da sustentabilidade pode ser aplicado para qualquer sistema, como uma cidade, uma organização, o planeta inteiro e até mesmo os restaurantes. Já o segundo é que para que um empreendimento possa ser considerado sustentável é preciso que ele seja: Ecologicamente correto, economicamente viável, socialmente justo e culturalmente diverso. 

Achou complexo? Escrevemos esse artigo para lhe dar algumas dicas de como tornar seu estabelecimento mais sustentável de acordo com os 4 fatores acima.

Primeiro, porque se tornar um restaurante sustentável? 

Você deve estar pensando  o que isto tem a ver com o seu restaurante e porque deve tomar medidas para que o seu estabelecimento se torne cada vez mais sustentável?  Vamos lá... 

Opinion Box, empresa especialista em pesquisa de mercado, publicou um estudo realizado em 2017 com mais de 2000 pessoas para entender a percepção dos consumidores brasileiros sobre a sustentabilidade e engajamento social dentro das empresas. Dentro dos dados levantados a empresa identificou que 65% dos entrevistados deixariam de comprar produtos de empresas que poluíssem o ambiente. Outro dado relevante é que 42% dos entrevistados se preocupam muito com práticas sustentáveis. 

A pesquisa também mostra que as pessoas estão adquirindo hábitos sustentáveis no seu dia-a-dia. 30% prefere consumir alimentos naturais aos industrializados e 27% já cultiva suas próprias frutas, legumes e verduras. Outras pesquisas maiores como a da Harvard Business School mostram como o comportamento do consumidor está se direcionando aos hábitos e consumo sustentável.  

Outro motivo importante é o fato de que muitas das soluções sustentáveis que traremos nessa postagem evitam gastos e geram economia para os estabelecimentos. 

E por último, mas não menos importante, você estará sendo responsável com o nosso planeta e com a nossa sociedade. 

uma mão desenhando diagrama sobre ser sustentável

Agora vamos as dicas de como deixar o seu estabelecimento sustentável: 

#1 Materiais 

O blog Eco Eficientes divide os tipos de materiais dentro de um estabelecimento em materiais de construção, de serviço e de comunicação. A boa notícia é que, como o Eco Eficientes nos mostra, existem diversas opções sustentáveis dentro destes grupos de materiais. 

Materiais de construção:  

Construção seca, utilizando painéis ecológicos estruturados sem argamassa, ou seja, com deixando poucos resíduos e facilitando a reciclagem. 

-A utilização do bambu é uma opção proveitosa pelo seu caráter biodegradável, a abundância deste devido ao seu rápido crescimento e pela sua versatilidade. 

-Utilização de elementos reciclados reduzindo o consumo de novos recursos e promovendo a reciclagem. 

Materiais de serviços 

-Embalagens e utensílios sustentáveis:  Opte por embalagens biodegradáveis como as embalagens de mandioca, de bagaço de cana e de semente de capim, assim como os copos de mandioca e louças de cerâmica. O principal benefício do uso destas embalagens está na diminuição da emissão de gases poluentes e especialmente nas cerâmicas por promover processos artesanais. 

-Guardanapo reciclado é uma ótima opção para diminuir o consumo de recursos. 

Materiais de comunicação 

-Opte por materiais de comunicação recicláveis ou de papel semente, desta forma você garante que serão biodegradáveis e com o papel semente você promove a vegetação nativa. Cartões de visita, cadernos, folders, cartazes, papel de mesa, e muitos outros materiais de comunicação podem ser produzidos destas formas. 

#2 Água 

A escassez da água é um problema cada vez mais preocupante e se não mudarmos nosso uso deste recurso, tanto a nível global como local, tende a ficar mais grave. Existem muitas opções sustentáveis para você adaptar seu estabelecimento e ser mais responsável com a água. 

Cisternas são opções viáveis e com variedade para economizar o uso da água. As opções são: Cisterna enterrada; cisterna sobre o piso; cisterna com caixa da água; cisterna no telhado verde; cisternas adaptáveis.  

-Opte por mecanismos inteligentes que economizam a água no seu estabelecimento, como: Acionador de torneiras com o pé; sensor de movimento em torneiras; válvulas de duplo comando (com duas opções de volume de água), para descargas por exemplo. 

-Uma opção sensacional para a diminuição do uso de água e também para a conscientização é a instalação de contadores automáticos que mostram os números do consumo. Uma boa ideia é deixar esses números visuais para os clientes nos banheiros e no próprio estabelecimento. 

#3 Produção e compra de alimentos 

É muito importante que um restaurante se preocupe com a produção e compra de alimentos, não é mesmo? Temos algumas dicas para você: 

-Se tratando da compra e produção dos alimentos para o seu estabelecimento lembre-se do ciclo de vida de produção, então é sempre mais sustentável a compra de fornecedores locais e de produtos da estação, pois não terão que ser importados. Além disso identifique se os seus fornecedores possuem selo ou certificação ambiental de institutos de sustentabilidade. 

-Uma outra alternativa é a produção dos alimentos através de máquinas de processos caseiros; como processos do trigo; produção de mel; desidratação de alimentos pelo sol; e criação de microgreens (os pequenos vegetais possuem de quatro a quarenta vezes mais nutrientes do que os vegetais na fase final).  

#4 Resíduos 

O dia-a-dia de restaurantes produz grandes quantidades de resíduos e a forma com que você lida com eles pode ser sustentável.  

-Um resíduo extremamente poluente são as garrafas de plástico, uma boa opção é você servir água em jarras para os seus clientes, desta forma você minimiza o consumo de embalagens. 

-A compostagem é um conjunto de técnicas aplicadas para estimular a degradação da matéria orgânica, transformando-a em humus, um material rico em nutrientes e fértil. Existem diferentes tipos de compostagem: a compostagem acelerada, feita com a mistura de cal e turfa, fica pronta em 24h; compostagem feita com eletrodomésticos próprios elétricos; vermicompostagem, com o uso de minhocas que comem os resíduos e deixam somente o húmus; 

-Para diminuir ainda mais os resíduos ofereça pratos de diferentes tamanhos para os cliente. A opção de prato reduzido dá a possibilidades para clientes não desperdicem comida. 

#5 Limpeza 

Novas tecnologias garantem que você deixe seu estabelecimento brilhando, gastando muito menos e ainda colaborando para o meio ambiente.  

-Procure detergentes biodegradáveis multiuso (que substituem muito outros produtos de limpeza). Além disso após usar o produto compre o refil mantendo a mesma embalagem. Desta forma você economiza e economiza na produção de embalagens. Se você se organizar consegue economizar uma quantia considerável por ano com produtos de refil. 

-Utilize esponjas naturais, elas são cortadas sem a remoção das raízes e por isso crescem novamente com tranquilidade e rapidez. São muito mais sustentáveis e a produção de esponjas sintéticas poluem os mares e atrapalham mais as vidas das esponjas marinhas. 

#6 Ambientação 

Nem sempre pensamos na quantidade de objetos que de decoração que possuímos. Eles também impactam no seu bolso e nos recursos do nosso planeta. Começando com a adequação da sua estrutura para o aumento de iluminação e ventilação natural. Priorização da cultura local, pensando no ciclo de vida dos objetos. Entendendo que optando por produtos locais você evita poluentes de longas viagens de deslocamento e também pensando em produções menos agressivas ao meio ambiente. 

Nosso time selecionou algumas formas de decoração sustentável, não deixe de conferir as nossas dicas e aplica-las no seu restaurante. 

#7 Educação dos clientes 

Por último, eduque seus clientes, você pode ser o responsável pela transformação do hábito de diversas pessoas. Seja ativo com o movimento da sustentabilidade. 

-Coloque avisos sobre sustentabilidade no seu estabelecimento e explique no cardápio quais ações você está realizando para deixar o seu estabelecimento mais sustentável. 

-Crie quadros visuais que contabilizem a quantidade de recursos que o seu estabelecimento está consumindo e que está deixando de consumir com as ações. Mostre também a quantidade em litro de água gasta no estabelecimento ou para a produção dos produtos consumidos. 

Essas são as dicas da Linked Gourmet para você seguir em direção a sustentabilidade. Lembre-se, o mundo está mudando e através desta mudança estamos aprendendo como ser mais responsáveis.

Atraia os clientes que já fazem parte deste movimento e eduque os demais. Seu estabelecimento pode fazer a diferença.

Esse artigo foi produzido utilizando as informações do blog Eco Eficientes, clique aqui para ler o artigo base.